NeuroCriatividade Subversiva
Somos a Chickenz, Criatividade e Desbloqueio Criativo, criadores da NeuroCriatividade Subversiva
criatividade,desbloqueio criativo,workshop,henrique szklo
18435
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-18435,page-child,parent-pageid-14495,ajax_updown_fade,page_not_loaded,, vertical_menu_transparency vertical_menu_transparency_on,qode-title-hidden,vss_responsive_adv,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,transparent_content,columns-3,qode-theme-ver-10.1.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
Existem muitas maneiras de se estudar a criatividade. Nós escolhemos o caminho que nos pareceu mais lógico: investigar como o cérebro funciona para, a partir daí, tirar nossas conclusões e desenvolver uma teoria que fosse ao mesmo tempo profunda e fácil de compreender. Provocativa e acolhedora. Sensível e, paralelamente, um trator que passasse por cima das convenções, das explicações óbvias e sem originalidade e do tratamento que consideramos leviano da criatividade dos filósofos de Linkedin: ficar só na superfície envernizando a casca e deixando o recheio intocável.

 

A NeuroCriatividade Subversiva tem o compromisso de desvendar os mistérios que envolvem os mecanismos cerebrais que são ativados no momento da criação, mas também conhecer o que nos bloqueia, o que nos impede de desenvolver novas ideias, o que nos aflige na hora da mudança.
Criatividade não é dom. Todo mundo pode e deve desenvolver sua capacidade de criar.

Metáforas Subversivas

ESTRELA DE DENTRO
ESTRELA DE DENTRO

Nossa personalidade é uma estrutura influenciada por 5 elementos que em cada indivíduo ocupam pesos e espaços diferentes, afetando diretamente no seu comportamento e, consequentemente, na sua capacidade de criar: Código Genético, Padrões Adquiridos, Opinião dos Outros, Inconsciente Coletivo e Ambiente.

DIRETIVA PRIMÁRIA
DIRETIVA PRIMÁRIA

Plantas e animais nascem, crescem e morrem sob uma lei invisível e implacável sancionada por seu genoma: “Sobreviva a qualquer custo!”, ou seja, a Diretiva Primária. E para que ela seja cumprida a contento, vários comandos são acionados: prolifere, compita, adapte-se e, no caso de algumas espécies, como a Homo sapiens, viva em grupo.

PEDRÃO
PEDRÃO

Entidade responsável por controlar nosso comportamento. O senhor do nosso Castelo de Legos. Nosso filtro social. Tudo o que fazemos, pensamos e agimos passa por seu crivo. Para que estejamos sempre de acordo com nossa programação mental ele nos alerta utilizando os Hormônios Disciplinares, que nos provocam prazer ou dor, dependendo da circunstância.

TE VIRA, MANÉ!
TE VIRA, MANÉ!

É um mantra, um comando ao nosso cérebro. Na obrigação inadiável de resolver um problema, nossa mente pensa livremente, ignora regras, rompe convenções, arriscando qualquer coisa que pareça eficiente. “Te Vira, Mané!” é a negação do paternalismo, pois entrega aos indivíduos a responsabilidade de enfrentar os desafios, sem desculpas para desistir.

PENSE 7 MINUTOS
PENSE 7 MINUTOS

Fundamental para quem busca criatividade, pensamento livre e expansão do conhecimento. Um convite irrecusável à reflexão, principalmente nos momentos em que estamos no piloto-automático. Tomamos decisões sem avaliar possibilidades. Aceitamos o senso comum como verdade inquestionável. O que nos leva, cedo ou tarde, ao erro.

CASTELO DE LEGOS
CASTELO DE LEGOS

Nossa estrutura de crenças. Cada nova informação que recebemos e decodificamos se transforma em uma peça de lego que é conectada ao Castelo. A cada ano vai ficando mais difícil retirar peças (crenças) localizadas nos níveis mais profundos da estrutura. É por isso que quando nos deparamos com uma informação nova, a tendência é rejeitá-la.

INDUTORES
INDUTORES

Indutores são pontos de partida. Empurrãozinhos que nosso cérebro precisa para engatar um pensamento criativo. Podemos considerá-los como bússolas mas também como gatilhos. Qualquer coisa pode ser um indutor: uma imagem, uma palavra, uma frase, um cheiro, um som. Contanto que desperte o cérebro para uma nova perspectiva.

SÃO MAGAIVER
SÃO MAGAIVER

São Magaiver é o Santo protetor da Criatividade, da adaptação a mudanças, do pensamento inovador e daqueles desesperados que não conseguem obter nenhuma dessas três coisas. Nós da Chickenz somos seus fervorosos e fieis devotos. Pedimos diariamente por indutores poderosos e coragem para enfrentar os padrões.

UNGEBUNDEN
UNGEBUNDEN

Ungebunden é aquele espaço sagrado onde o mundo das ideias encontra seu equilíbrio, sua força. É um local agradável e estimulante (fisica e socialmente) que simboliza a extrema importância do ambiente no desenvolvimento do pensamento criativo. Somos extremamente influenciados pelo que nos cerca, por isso precisamos de Ungebunden para criar.

OPINIÃO DOS OUTROS
OPINIÃO DOS OUTROS

O genoma humano concluiu há milhares de anos que deveríamos viver em grupo, o que provoca, até hoje, um curioso efeito colateral: uma incrível preocupação com a opinião alheia. Quando somos criativos quebramos padrões, o que provoca uma natural sensação de que seremos reprovados pelos outros. Daí a dificuldade de criar.

EFEITO SUPOSITÓRIO
EFEITO SUPOSITÓRIO

Visando economia de energia, o cérebro evita analisar em detalhes cada nova situação que vivemos. Tira conclusões a partir de suposições baseadas em experiências anteriores, nem sempre levando em consideração uma diferença de cenários. Temos convicção de que vimos o que nossos olhos não viram ou que ouvimos o que não foi dito.

HORMÔNIOS DISCIPLINARES
HORMÔNIOS DISCIPLINARES

Controlados pelo Pedrão, estes dois hormônios orientam nosso comportamento, utilizando o prazer e a dor como ferramentas. Se estamos “certos”, ou seja, dentro dos padrões, recebemos uma dose de prazer com o hormônio “Parabéns a você”. Se estivermos “errados”, fora dos padrões, receberemos uma dose de dor com o hormônio “Você é um idiota”.

PROCESSO HOUSE
PROCESSO HOUSE

Dr. House cuidava apenas de pacientes com doenças misteriosas, difíceis de se desvendar. A resposta correta sempre surgia numa conversa alheia à medicina. Mesmo focado no assunto, seu cérebro continuava trabalhando em 2° plano em busca da solução. Até que ele via ou ouvia algo – um indutor –  que servia de referência para seu cérebro montar o quebra-cabeças.

CURRAL SOCIAL
CURRAL SOCIAL

Um dia nosso genoma concluiu que deveríamos viver em grupo para sobrevivermos. Por isso temos a tendência de seguir, sem questionar, grupos sociais aos quais pertencemos ou queremos pertencer. Membros de uma manada que param ou andam, pra direita ou esquerda, conforme o gado humano caminha, sem controle de nosso próprio destino.

CÉREBRO BICHO-GRILO
CÉREBRO BICHO-GRILO

Nosso cérebro tem 2 partes interligadas e interdependentes, mas com funções, atribuições e comportamentos distintos. A primeira é aquela conhecida como consciente. Menor, eivada de dúvidas e pouco poder: o Grilo. A outra é aquela conhecida como inconsciente, muito maior, dona do poder verdadeiro e cheia de certezas: essa é o Bicho.

GANGORRA VITAL
GANGORRA VITAL

Somos cercados de dualidades: macho e fêmea, claro e escuro, certo e errado e etc. Os extremos são os limites. Nada é mais negativo que o não ou mais positivo que o sim. Porém, entre um e outro podemos navegar por infinitos pontos de equilíbrio, dependendo do que  circunstância exigir. Por isso, equilíbrio não significa a gangorra na horizontal absoluta.

Entre em contato e agende uma apresentação

UnknownBrazilEnglish